• DESTAQUE
    por Márcia Alves

Ipem faz 50 anos

Um selo comemorativo e uma exposição com parte do acervo histórico marcaram a celebração do aniversário de 50 anos do Instituto de Pesos e Medidas (Ipem) de São Paulo. O Ipem foi criado em 24 de abril de 967, vinculado a então Secretaria do Trabalho, e em 1973, com a criação do Inmetro, recebeu a delegação de autarquia para realizar as atividades de controle metrológico no estado.

Atualmente, o Ipem conta om 14 delegacias de Ação Regional no interior do estado, 8 laboratórios para verificação de produtos pré-medidos, 44 postos fixos para verificação volumétrica de caminhões-tanque, posto fixo para erificação volumétrica de vagão-tanque e posto fixo para verificação de taxímetros, na capital.

A autarquia possui uma equipe de fiscalização formada por especialistas e técnicos que realiza operações de iscalizações rotineiras em balanças, bombas de combustíveis, medidores de pressão arterial, taxímetros, radares etc. “Para que uma sociedade funcione bem, deve haver confiança em todas as medidas, com ransparência para os consumidores, empresas e reguladores”, disse o diretor executivo do instituto, Guaracy Fontes Monteiro Filho.

O selo que faz alusão ao cinquentenário, com as imagens da bandeira do stado de São Paulo e a logomarca do Ipem, será colocado em todas as correspondências do Instituto durante um ano. Já a exposição sobre os 50 anos, na sede da Secretaria da Justiça, reúne 30 peças utilizadas pelo Ipem no final do século XIX e nas últimas décadas. Entre os objetos expostos estão taxímetros eletromecânicos, balanças antigas, pesos, hidrômetro, medidor de energia elétrica e bomba de ombustível eletromecânica da década de 70.


Cetesb tem novas diretrizes para áreas contaminadas

As orientações técnicas em vigor implicam em grandes mudanças para postos em processo de descontaminação.


Nova resolução da ANP prevê multas de até R$ 5 milhões

A redução no ritmo de investimentos em novas refinarias pela Petrobras deve impactar diretamente o mercado consumidor